pré natal

A resposta é ANTES de engravidar… sabe porquê? A maioria dos bebês são muito saudáveis, mas cerca de 3% apresentam alguma doença ou má formação ao nascerem. A falta de orientação pode ser a chave de muitos casos, pois duas simples atitudes a serem tomadas pelas futuras mamães podem ajudar a diminuir significativamente este
percentual. Primeiro: aumentar a ingestão de ácido fólico 3 meses antes da concepção, mantendo-a até, pelo menos, a 12ª semana de gestação (o ideal é continuar até o final da gravidez, inclusive durante a amamentação); Segundo: realizar os chamados exames Pré-Concepcionais, que avaliam o seu histórico e estado geral de saúde. Portanto, pelo menos 4 meses antes de engravidar, você deve procurar seu ginecologista para identificar algum risco para a sua gestação, o desenvolvimento do seu bebê ou mesmo para você. Além dos exames (durante a consulta e os de laboratório), ele vai verificar se você recebeu todas as vacinas de rotina e recomendar a aplicação das doses de reforço, ou a necessidade de outras vacinas Tríplice bacteriana (dTpa) contra difteria, tétano e coqueluche; a pneumocócica; a meningocócica C conjugada; a tríplice viral, contra sarampo, rubéola e caxumba; e as vacinas contra hepatite A, hepatite B, hepatite C, gripe, varicela, febre amarela-nas regiões endêmicas-; raiva – quando necessário- além da vacina anti-HPV. (a maioria destas vacinas não pode ser tomada se já estiver grávida). Cuidar da saúde da futura mamãe é o primeiro passo para uma gravidez tranquila e um futuro bebê saudável! ;)

karina - medica