Faça o que você quer para dormir ou crie expectativas para que ele semper durma ou pelo menos durma bem durante uma madrugada … Esses são desejos de todas as mães e pais que conhecem. Mas na prática nem sempre esse tão sonhado “bebê dorminhoco” existe. Uns mais, outros menos, mas não geral o SONO é o primeiro calo da maternidade / paternidade. Por isso, para esclarecimento algumas dúvidas, como mais frequentes, convidamos a nossa colunista Jéssica Brito, que é Fisioterapeuta e Consultoria do Sono Infantil e Mestranda em Saúde da Criança e Adolescentes, para responder algumas perguntas que selecionamos. Confira !!!

AQEbaby – Quando devo começar a implantar a rotina do sono?

Jéssica Brito: A rotina do bebê vai ser descoberta e organizada a cada mês. Um ritual noturno, ou seja, o ritual que mostra o bebê que está chegando a noite e para você, pode ser realizado desde o primeiro mês de vida.

AQEbaby – Como deve ser esse ritual?

Jéssica Brito: O ritual noturno pode ser modificado com o processo de crescimento da criança. Não há nenhum primeiro mês da vida com a rotina pode ser feito com o uso de banhos relaxantes, como o banho de ofurô e no segundo mês em diante podem ser adicionados momentos de massagem, como por exemplo a massagem Shantala. Com o passar dos meses o bebê mais novo e o tempo de massagem pode começar um diminuir. Banhos, massagens, amamentação, pouca ou a luz e muito carinho e paciência são parte da rotina do sono do bebê.

AQEbaby – Quais coisas posso associar à rotina do sono? Semper ter um banho, colocar o pijama?

Jéssica Brito: O ideal é semper há um banho, que pode ser mais relaxante e mais demorado. O processo de colocar o pijama também está dentro do ritual noturno e ajuda o bebê a associar que a noite está prestes um pedido.

AQEbaby – Por que alguns bebês têm menos sono que outros?

Jéssica Brito: Em média, os bebês tem uma quantidade de horas para uma boa qualidade de sono de acordo com sua idade, porém, isso varia de bebê para bebê. Não há problema em saber mais sobre o que há de novo, mas sim é mais, é um problema, é um ser humano e único, porém, uma dificuldade com o sono não é algo natural do bebê, se o bebê está dormindo pouco é interessante investigar se há algum fator ambiental, orgânico ou funcional Interferindo no sono. Na maioria das vezes o ambiente e a rotina, a qualidade do bebê está inserido e dificil ao seu sono.

AQEbaby – Como acalmar o bebê para o sono?

Jéssica Brito: O ideal é que ao perceber que uma criança está com sono, os pais ou cuidadores, diminuindo os estímulos como brincadeiras e televisão, e comecem a realizar estímulos mais adequados ao momento, como canções mais lentas, historinhas e propre banho.