Bom dia mamães e papais que estão ai, bem próximos da fase da ‘introdução alimentar’.

Temida por uns, muito esperada por outros, a introdução alimentar foi para mim uma das fases mais desafiantes. Encontrei nela, características antes em mim desconhecidas. Passei a ter a paciência que eu nunca tive na vida e um foco que ninguém conseguiu me desviar até hoje. Lembro da consulta com o pediatra de Caio quando ele completou 6 meses e junto com a nova idade o início da introdução dos alimentos. Algumas frases ficaram bem marcadas em minha memória. Exemplos: ‘é comum mães falarem que os filhos não querem comer’, ‘é comum também que a criança rejeita e que não gosta’… O que poderia ter sido uma falta de incentivo, virou o melhor de todos os incentivos, justamente porque não queria ser mais uma mãe que chegaria ali para dizer que o filho não quer comer. Coloquei isso em minha cabeça e ao mesmo tempo os pés no chão porque senti que não seria fácil.

Fui determinada a conseguir e consegui! Até hoje, Caio com quase 1 ano e 7 meses, só tenho motivos para comemorar. Todo meu esforço é recompensado quando todos os dias vejo como ele gosta de comer bem e como continua aceitando todos os alimentos sem seleção. Clique aqui para ler o post sobre a introdução alimentar do baby Caio.

Lembro bem que no quinto mês de vida de Caio, sai para comprar alguns acessórios de cozinha porque não tinha pensado nisso durante a compra do enxoval. Por isso, dedico o post de hoje à esses acessórios.

O que você vai precisar?!

Na fase das frutas não tem mistério, mas quando começa a comidinha salgada é legal ter separado do baby pelo menos a panela e a colher de mexer. Na minha última visita na loja Grillo Home Decor fotografei algumas opções de panelinhas que podem deixar esse momento prático e alegre.

image image image

Comprei uma dessas pequenas de porcelana justamente porque no início a comidinha é tão pouquinha que a panela sendo menor, dá menos trabalho e cozinha mais rápido! Agora, fiquei super apaixonada por essa última que ainda tem o apoio para a colher. Fofa demais e o tamanho é ótimo.

Ralador

image

Esses raladores com o compartimento que armazena o alimento ralado são ótimos. No início usava para ralar a cebola e mais para frente a cenourinha para usar no arroz e por ai vai.

Colheres para cozinhar

image

O ideal é comprar de silicone mesmo. Evita arranhões na panela é fácil de limpar e bem mais higiênica. Indico cores escuras como a preta, alguns alimentos como a abóbora terminam manchando se o silicone for claro.

Espremedor de laranja

image

O suco de laranja é um dos primeiros na introdução alimentar. E a quantidade é sempre tão pequena que vale a pena comprar um espremedor assim pequeno. Suja menos, não gasta energia e evita aquela preguiça de fazer o suquinho na hora. Imagina ter que ligar aqueles espremedores elétricos grandes para fazer 80 ml de suco?!

Prontinho! Além dos pratinhos e talheres do baby, vale comprar esses acessórios básicos também no enxoval. Alguns bebês começam a introdução com 4 meses e o tempo passa tão rápido… Ah, aproveitando o assunto, vejam que lindos esses talheres para presentear um baby:

image image

Por hoje é só!

Beijos da mamãe Lara :)