Bom dia papais e mamães! Hoje o assunto é: brincadeiras para bebês e crianças de 1 a 3 anos. 

img_6959

Sempre costumo postar nas redes sociais um pouco dessa rotina de brincadeiras com o menino Caio. Praticamente a fase em que ele vive hoje se resume a: BRINCAR. Se estiver acordado é isso o que ele mais faz. E ai haja criatividade materna e paterna para essa missão de brincar tanto depois de velhos. hahahaha Vejo como mais uma oportunidade que os filhos nos dão: voltar a fase boa de criança. Claro que tem dias que NÃO achamos tão bom, mas na maioria dos dias sim! (risos)

Resolvi separar nesse post algumas atividades que mais faço com Caio. E aproveito para dizer com qual idade iniciei com cada uma delas e os cuidados que tenho. Vamos lá?!?!

PINTURA

 img_6896Iniciei a pintura com tinta quando Caio fez 1 ano de idade. Primeiro era santadinho e com papel. Depois que ele começou a andar com 1 ano e 4 meses passei a usar o banheiro para essa atividade. Comprei papel tamanho A3 (que é maior) e colava esse papel na parede dentro do box. Deixava ele logo pelado mesmo. Colocava a tinta na paleta, mostrava as cores, sempre ensinando e com pincéis mostrava a ele como era. Pronto! Terminava a ‘melequeira’ toda já estava ali para o banho. Prático e zero de chance de dar muuuito trabalho depois. A tinta que uso até hoje a guache que sai com água e não é tóxica. Hoje colo o mesmo tamanho de papel na parede da área externa da casa que moramos e pronto ele fica um bom tempo pintando. Simplesmente ADORA!!!

MASSINHA

img_6957

Essa é a atividade favorita dele. Todo santo dia pede para brincar de massinha. E porque ele pede? Porque simplesmente essa brincadeira só rola com a minha supervisão e presença. Iniciei o uso da massinha quando ele fez 2 anos. E até hoje previso ficar de olho porque volta e meia ele tenta colocar na boca. Então brincamos juntos. Adoro a marca ‘Super Massa’, mesmo a Play Doh a mais famosa! Não indico as marcas como Faber Castel para essa fase. Elas são mais duras e eles não têm força para fazer bolinhas e cobrinhas por exemplo. Então tem que ser mole mesmo e ter esses acessórios como as formas de letras, números e bichos. Caio ganhou esse kit da mamãe Nina e é MARAVILHOSO:

super-massa

QUEBRA-CABEÇA

img_6457

Na maioria das caixas dos quebra-cabeças sempre tem a indicação 3 anos. Caio tem 2 anos e 5 meses e aos 2 anos também passei a brincar de quebra-cabeça com ele. Claro, que mostro onde encaixa e ele primeiro aprendeu a encaixar. Adora. Vamos juntos montando todas as figura dos bichos e sempre bate palmas e fica feliz ao completar. Hoje ele já consegue sozinho montar as figuras de 4 e 6 peças. Então não liguem para essa indicação de 3 anos. Acho que dá para começar antes como fiz aqui com Caio. Consegui encontrar essa opção de quebra-cabeça que na caixa até indica de 2 a 4 anos. Adoro ele porque ele tem de 4 peças até 12 peças.

quebracabeca

TERRA OU AREIA

img_6907

Há sempre um dilema para muitos pais quando o assunto é brincar de terra ou areia. Claro que precisamos escolher bem esse local por conta de doenças, bichos, enfim… Mas sabendo onde está pisando, essa é uma brincadeira que faço questão de proporcionar para Caio. No Recife levava à praia e lá ele brincava bastante. Aqui em Petrolina procuro levar ao Quintal de Brincar, um espaço maravilhoso de brincadeiras livres. Sempre que dá priorizo isso. Andar descalço na areia é maravilhoso e super indicado para formar a cava do pé. Eu brinquei muito na terra, amava! Sei que é bom por isso tento ao máximo proporcionar essa brincadeira.

 PINTURA COM GIZ DE CERA

backup-iphone-lara-agosto-2016-358

Primeiro comprei giz de cera normal. Não fica um inteiro. Com a força que Caio faz todos quebram. Foi ai que descobri durante a compra do material escolar esse giz baby da Faber-Castell. Simplesmente maravilhoso e é o que mais uso até hoje. Olha ai qual é:

supersoft

Ele é super seguro porque tem essa capa protetora e o giz sai quando giramos e ai deixamos só a pontinha. Sem falar que a cor sai sem precisar de força. Ele desliza. É uma delícia. Super indico mesmo. Existe no mercado um gizão de cera bem grosso, mas não é indicado porque não treina o ‘segurar’ corretamente no lápis. Eles não partem ao meio, mas também não treinam nada. Então nem comprei deles.

E quando misturo pintura e carrinhos na mesma brincadeira:

backup-iphone-lara-agosto-2016-015

Olha ai a nossa criatividade a todo vapor. (risos) Espero ter ajudado com um pouco da minha vivência e qualquer dúvida é só perguntar!

Beijos da mamãe Lara